[RESENHA #32] Entre Anjos - Verner, Isabele

By Soul dos Livros - 15:50

Então, gente, lá vou eu com uma crítica daquelas bem negativas. Por favor, me aguentem, porque essa vai ser complicada! 



SINOPSE: Lexi é uma garota atormentada pela dor da morte.Após ir morar com seus avós, uma série de coisas ruins começam a acontecer. E ela sabe que a única coisa que a sustenta é sua paixão por músicas clássicas e outra... Um Anjo!





Eu estava perambulando pelo Wattpad quando me deparei com o segundo volume dessa série. A história do primeiro, além da capa, também parecia super legal e só pela sinopse você já via que tinha tanto potencial que a expectativa ia lá no alto! Mas é claro que ia ser ruim, e eu vi isto nos quatro primeiros capítulos.

A autora ficou tão preocupada em fazer o anjo Edward o cara mais perfeito, que esqueceu que nenhum cara faz o que esse Anjo faz. Fica irreal e estranho, ele é perfeito demais, amoroso no extremo, fica quase grudento. Bem, a história conta que Lexi, órfã e com uma vida muito triste, sempre foi cuidada pelo pai de Edward, e o anjo mais novo se apaixonou por ela. Indignado com a vida que ela tem e disposto a protegê-la de mais infortúnios, ele desce à Terra contra todas as regras. - Agora... Sabendo disso, você não fica com uma puta curiosidade do que vai acontecer?

Acontece que Edward se revela um anjo muito pegajoso e bobo. Você tem vontade de dar uns tapas nele e gritar: "ACORDA PRA VIDA!!", como quando ele fala para Lexi que - e eu abro aspas - "Vou fazer Zac se apaixonar por você". Zac, pro resuminho, é um cara que a Lexi sempre teve meio que uma queda. Mas o Edward não era apaixonado pela Lexi? Claro que era, mas ele queria a felicidade dela! Ok, fofo, mas exagerado. Porque a autora não soube expressar, nem trabalhar bem nem a Lexi nem o próprio Edward. Quando eles tem um momento juntos é bem "que? oi?", acontecem umas coisas super nada a ver com a Lexi; a escritora provavelmente queria uma personagem que realmente sofresse, mas ficou muito estranho. Eu até achei que ia surgir uma personagem à lá Edward, só que do mau, que quisesse justamente que Lexi tivesse uma vida ruim. Mas não, foi só a autora pirando mesmo, rs.

O final foi bem ruim, muito do nada, e acho que com uma ideia tão interessante a escritora devia ter tido mais paciência para trabalhar a história. Bem, não recomendo para ninguém, sério. É triste ter que escrever isso, mas o livro é ruim.

Bem, é isso, minha indignação foi tanta que vim correndo para escrever a resenha e já poder ler outro livro, rs. Esqueci "A Descoberta do Chocolate" na casa da minha tia, aliás, então vou ter que me virar com "Will & Will". Vamos ver como vai ser!

  • Share:

You Might Also Like

2 comentários

  1. Bem... Ta certo que a autora n soube por mais ficção ao romance, que digamos e bem pegajoso mais eu gostei do enredo, a trama ficou um pouco a desejar, mais como não li o segundo livro ainda não tenho do que reclamar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi a ficção que foi o problema, foi o progresso, eu acho. E o final, convenhamos, foi muito estranho. Eu quis ler o primeiro porque a sinopse do segundo parecia boa, mas não consigo me animar.

      Muito obrigada pelo comentário!
      Espero que continue nos acompanhando!!

      Vi :)

      Excluir